Pombos urbanos: Biologia, Ecologia e métodos de controle populacional

Luzia Linaldi Labanhare, Maria Aparecida de Souza Perrelli

Resumo


Os pombos do gênero Columba são bastante conhecidos pela sua convivência com o homem. A boa adaptação ao ambiente urbano, a oferta de alimento, a arquitetura, a tolerância mútua entre pombos e seres humanos, além da faltade um programa de controle populacional são alguns dos fatores associados à proliferação de pombos em ambientes urbanos. Essa situação tem acarretado incalculáveis prejuízos financeiros e à saúde pública. Várias tentativas têm sido feitas em diferentes partes do mundo visando o controle da população de pombos urbanos. Este artigo pretende contribuir para o esclarecimento sobre as possibilidades e limites dos métodos empregados para controle populacional dessas aves em ambiente urbano. Com esse objetivo, apresenta uma revisão bibliográfica enfocando a biologia, ecologia, comportamento, histórico da domesticação, os problemas de correntes do aumento populacional e os métodos de controle citados na literatura, destacando os seus limites eo grau de eficácia.

Palavras-chave


pombos, pombos urbanos, Columba.

Texto completo:

PDF

Referências



ARAUJO, C.D.; CARVALHO, F. G.; ALBUQUERQUE, L. B. Levantamento epidemiológico das zoonoses transmitidas por pombos em Campo Grande/MS. Multitemas. Campo Grande, n.16, p. 28 – 50, maio. 2000.

FEARE, C.J. The Starling. Oxford: Oxford University Press, 1984.

FEARE, C.J. Pigeons: past, present and prerequisites for management. In: BRITISH PEST CONTROL ASSOCIATION CONFERENCE, 7, 1986, Proccedings…

FEARE, C. J. Pigeon Control: towards a humane alternative. Pest Control Magazine. jun, 1990.

FEARE, C.J. Control of bird pest populations. In: PERRINS, C.M.; LEBRETON, J. D.; HIRONS, G. J. M. (eds). Bird Population Studies: relevance to conservation and management.Oxford/Newyork/Tokyo: Oxford University Press, 1991, p. 463-478.

FITZWATER, D. W. Make profits ‘Fly’ to you. Pest Control Magazine, mar, 1989, p. 56-60.

HAAG, D. Population density as a regulator of mortality among eggs and nestlings of feral pigeons (Columba lívia domestica) in Basel, Switzerland .     In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM OF THE WORKING GROUP ON GRANIVOROUS BIRDS, INTECOL, 1989, Stupsk, Poland.Proceedings… Warszawa: PINOWSKI, J.; KAVANAGH, B.P.; GÓRSKI, W. (eds.) Nestling mortality of granivorous birds due gto microoganisms and toxic substances 1991, p. 21-31.

HÖLFING, E.; CAMARGO, H. F. de A . Aves no campus. São Paulo: Edusp/ Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, 1999.

LABANHARE, L. L; PERRELLI, M. A. S. Percepções de um público leigo sobre a proliferação de pombos urbanos em Campo Grande, MS. Campo Grande, 2004, mimeo

NETO, H. C.; NUNES, V. de F. P. A problemática dos pombos em áreas urbanas. Revista Vetores e Pragas, n.3, p. 11 – 14, 1998.

RIO, V. D.; OLIVEIRA, L. (orgs). Percepção ambiental: a experiência brasileira. São Paulo: Studio Nobel. 1996.

ROOF, J. Columba livia: Rock Dove, Feral Pigeon. Disponível em http;// animaldiversity.ummz.umich.edu/accounts/columba/c._livia.html/ Acesso em 05 de maio de 2003.

SICK, H. Ornitologia brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997.

SULLIVAN, W. Science Watch: Basel solves problem of too many pigeons. NEW YORK TIMES, New York, 9 feb. 1993.

WEBER, J.; HAAG, D.; DURRER, H. Interaction between humans and pigeons. Anthrozoos, v.VII. n.1, p.55-59, 1994.

ZOONOMEN – Zoological Nomenclature Resource.Birds of the World – current valid scientific avian names (Baseado em Sibley & Monroe and AOU checklist - 7th ed). Disponível em http://www.zoonomen.net. Acesso em 08 de março de 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/multi.v0i35.861

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2447-9276
ISSN impresso: 1414-512X (até o número especial, set. 2015)