Preferência alimentar e Biologia Reprodutiva de Phibalosoma phyllinum Gray, 1835 (Phasmatodea, Phasmatidae) em criações de laboratório

Lívia Dinalli Martins Sottoriva, Luciani Picolo, Laura Cristina Hotta Ramos, Antonia Railda Roel

Resumo


Insetos conhecidos como bicho-pau, são assim denominados por apresentarem camuflagem e serem difíceis de visualização nas plantas hospedeiras. São ovíparos e se desenvolvem por metamorfose parcial, com dimorfismo sexual em adultos. Reproduzem-se sexuadamente,mas em algumas espéciespode ocorrer partenogênese. Poucose sabe sobre a biologia de Phybalosomaphyllinum. Objetivou-se estudar apreferência alimentar e comportamento reprodutivo do inseto divulgando assim a importância das criações, como prática de ensino. Para a determinação da preferência alimentar foram oferecidas folhas de araçá; goiaba; alface crespa e amora estabelecendo níveis de desfolha. Observou-se maior preferência pelas folhas de goiabeira em seguida araçá, amora e alface. A postura, cerca de 260 ovos por fêmea, ocorreu após aproximadamente 180 dias. Verificou-se um período de incubação de oito meses. Indivíduos que perdem patas nas fases jovens apresentaram regeneração incompleta.

Palavras-chave


insecta, preferência alimentar, comportamento de cópula, regeneração.

Texto completo:

PDF

Referências


BERGER, J. Ecology of Phasmids (Phasmatodea) in a Moist Neotropical Forest: a study on life histore, host – range and bottom up versus top down regulation. Disponível em: http://deposit.ddb.de/cgi-bin/dokserv?idn=972100261&dok_var=d1&dok_ext=pdf&filename=972100261.pdf . Acesso em: 20 outubro 2006.

 

BUZZI, Z.J. Entomologia Didática. 4. ed. Curitiba: Editora UFPR, 2002.

 

COSTA LIMA. Insetos do Brasil. n. 2 Série Didática: Escola Nacional de Agronomia, 1938. Disponível em: http://www.famu.edu/acad/research/mayfly/pub_c/pubcostaa1938p1.pdf Acesso em: 20 de jul de 2006.

 

DORVAL, A.; et al. Biologia e estudo comportamental de Bacteria tuberculata Piza Jr., 1939 (Phasmatodea; Phasmatidae) em folhas de angico (Piptadenia spp.) SCIENTIA FORESTALIS n. 63, p. 150-157, jun. 2003. Disponível em: www.ipef.br/publicacoes/scientia/nr63/cap12.pdf Acesso em: 08 de dez de 2005.

 

EDWARDS, P. J.; WRATTEN, S. D. Ecologia das interações entre insetos e plantas. São Paulo: ETU, 1981.

 

GALLO, D.; NAKANO, O.; WIENDL, F.; SILVEIRA-NETO, S.; CARVALHO, R.P.L. Manual de Entomologia: pragas das plantas e seu controle. São Paulo: Editora Agronômica Ceres, 1970.

 

GALLO, D.; FILHO, E.; PARRA, J.R.P.;ZUCCHI, R.A.;ALVES, S.B. Entomologia Agrícola,S. Paulo, Ed. Agron.Ceres.2002. 920p

 

LOCKE, J. Walking Stick Insects - The perfect insect pet. Disponível em: http://www.biology.ualberta.ca/old_site/locke.hp//walk_sticks.htm. Acesso em: 14 de fevereiro de 2006.

 

RAMEL, G. The phasmide study group. Disponível em: http://www.earthlife.net/insects/psg.html . Acesso em: 05 abril 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/multi.v0i35.855

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2447-9276
ISSN impresso: 1414-512X (até o número especial, set. 2015)