Satisfação no trabalho e qualidade de vida de professores universitários brasileiros: revisão integrativa

Elen Villegas Campos, Alexandra Maria Almeida Carvalho, Albert Schiaveto de Souza

Resumo


A satisfação no trabalho e a qualidade de vida determinam a condição de saúde dos professores universitários e interferem no processo de ensino- aprendizagem. Objetivo: Avaliar a satisfação no trabalho e a qualidade de vida de professores universitários de instituições no Brasil. Método: Revisão integrativa de artigos publicados entre janeiro de 2008 e janeiro de 2018. A coleta de dados foi realizada nas bases de dados: Directory of Open Access Journals, SciELO, LILACS, PubMed, e Academic One File. Para busca no inglês, foram utilizados descritores exatos do Medical Subjects Headings (MeSH): “quality of life”, “job satisfaction”, “faculty” e “Brazil” e em português, os Descritores em Ciências de Saúde (DeCS): “qualidade de vida” “docentes”, “universidades”, e o sinônimo “satisfação no trabalho”. Resultados: Os docentes, em sua maioria, estão satisfeitos com o trabalho que realizam, assim como apresentam uma qualidade de vida satisfatória.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARO, J. M. R.; DUMITH, S. C. Sonolência diurna excessiva e qualidade de vida relacionada à saúde dos professores universitários. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 67, n. 2, p. 94-100, jun. 2018.

ARAÚJO, T. S.; MIRANDA, G. J.; PEREIRA, J. M. Satisfação dos professores de Contabilidade no Brasil. Revista de Contabilidade e Finanças - USP, São Paulo, v. 28, n. 74, p. 264-81, maio/ago. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Censo da Educação Superior - Notas Estatísticas. Diretoria de Estatísticas Educacionais (DEED), 2017. Disponível em:http://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2018/censo_da_educacao_superior_2017-notas_estatisticas2.pdf. Acesso em dez 2018.

CARDOSO, C. G. L. V.; COSTA, N. M. S. C. Fatores de satisfação e insatisfação profissional de docentes de nutrição. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n. 8, p. 2357-64, ago. 2016 .

CONCEICAO, M. R.; COSTA, M. S.; ALMEIDA, M. I.; SOUZA, A. M. A.; CAVALCANTE, M. B. P. T.; ALVES, M. D. S. Qualidade de vida do enfermeiro no trabalho docente: estudo com o Whoqol-bref. Revista Escola Anna Nery, Rio de Janeiro , v. 16, n. 2, p. 320-5, abr./jun. 2012.

GOMES, K. K.; SANCHEZ, H. M.; SANCHEZ, E. G. M.; JÚNIOR, A. L. S.; FILHO, W. M. A.; SILVA, L. A.; BARBOSA, M. A.; PORTO, C. C. Qualidade de vida e qualidade de vida no trabalho em docentes da saúde de uma instituição de ensino superior. Revista Brasileira de Medicina do Trabalho, v. 15, n. 1, p. 18-28, 2017.

KOETZ, L.; REMPEL, C.; PERICO, E. Qualidade de vida de professores de Instituições de Ensino Superior Comunitárias do Rio Grande do Sul. Revista Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 18, n. 4, p. 1019-28, abr. 2013.

MARQUEZE, E. C.; MORENO, C. R. C. Satisfação no trabalho e capacidade para o trabalho entre docentes universitários. Psicologia em Estudo, Maringá, PR, v. 14, n. 1, p. 75-82, jan./mar. 2009.

MACEDO, E. Domínio relações sociais da qualidade de vida: um foco de intervenção em pessoas com doenças do humor. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental, Porto, Portugal, n. 7, p. 19-24, jun. 2012.

NUNES, M. F. O.; HUTZ, C. S.; PIRES, J. G.; OLIVEIRA, C. M. Subjective well-beingand time use of brazilian PhD professors. Paidéia, Ribeirão Preto, SP, v. 24, n. 59, p. 379-87, set./dez. 2014.

OLIVEIRA, E. R. A.; GARCIA, A. L.; GOMES, M. J.; BITTAR, T. O.; PEREIRA, A. C. Gênero e qualidade de vida percebida: estudo com professores da área de saúde. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 3, p. 741-7, mar. 2012.

OLIVEIRA FILHO, A.; NETTO-OLIVEIRA, E. R.; OLIVEIRA, A. A. B. Qualidade de vida e fatores de risco de professores universitários. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, PR, v. 23, n. 1, p. 57-67, 2012.

SILVÉRIO, M. R.; PATRÍCIO, Z. M.; BRODBECK, I. M.; GROSSEMAN, S. O ensino na área da saúde e sua repercussão na qualidade de vida docente. Revista Brasileira de Educação Médica, Brasília, v. 34, n. 1, p. 65-73, jan./mar. 2010. 

SOUZA, K. R.; MENDONÇA, A. L. O.; RODRIGUES, A. M. S.; FELIX, E. G.; TEIXEIRA, L. R.; SANTOS, M. B. M.; MOURA, M. A nova organização do trabalho na universidade pública: consequências coletivas da precarização na saúde dos docentes. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 22, n. 11, p. 3667-76, 2017.

SOUTO, L. E. S.; SOUZA, S. M.; LIMA, C. A.; LACERDA, M. K. S.; VIEIRA, M. A.; COSTA, F. M.; CALDEIRA, A. P. Fatores associados à qualidade de vida de docentes da área da saúde. Revista Brasileira de Educação Médica, Brasília, v. 40, n. 3, p. 452-60, jul./set. 2016.

TRALDI, M. T. F.; DEMO, G. Comprometimento, bem-estar e satisfação dos professores de administração de uma universidade federal. Revista Eletrônica de Administração, Porto Alegre, v. 18, n. 2, p. 290-316, maio/ago. 2012.

WHITTEMORE, R.; KNAFL, K. The integrative review: updated methodology. Journal of Advanced Nursing, USA, v. 52, n. 5, p. 546-53, 2005




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/multi.v24i57.2260

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2447-9276
ISSN impresso: 1414-512X (até o número especial, set. 2015)