Água como bem econômico: dessalinização para o combate da escassez hídrica no agronegócio

Valesca Schardong Villes, João Pedro Velho, Luciana Fagundes Christofari, Rafael Lazzari

Resumo


A água é um dos principais recursos naturais que geram vida e, por estar envolvida em todos os setores do agronegócio, vem se tornando objeto de atenção por sua limitada disponibilidade no planeta. Sob a pressão do crescimento populacional e desenvolvimento econômico, ocorrerá uma forte demanda pela água nessa área. A crise hídrica mundial, associada às grandes exigências do setor agrícola com a tecnologia disponível, traz a viabilidade e o benefício da implementação de projetos alternativos de usinas dessalinizadoras. Sendo assim, com o artigo, objetivou-se analisar o processo de dessalinização como alternativa ao combate da carência hídrica no agronegócio, por meio de uma análise descritiva em pesquisa bibliográfica. O desenvolvimento de tecnologias com o intuito de reduzir os impactos ambientas e os custos de investimento e de produção, tornará essa técnica sustentável para garantir as exigências da água potável para a populaçao mundial futura e atual.

Palavras-chave


recurso hídrico; dessalinizadora; tecnologia; agricultura.

Texto completo:

PDF

Referências


ALI, M. T.; FATH, H. E. S.; ARMSTRONG, P. R. A comprehensive technoeconomical review of indirect solar desalination. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v. 15, p. 4187-99, 2011.

AMORIM, M. C. C. et al. Diagnóstico de sistemas de dessalinização de água salobra subterrânea em municípios do estado da Paraíba – Brasil. Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, 13., 2004.

ARRAIA, E. Dessalinização, você ainda vai beber dessa água.  Revista Planeta, v. 455, 2010. Disponível em: https://www.revistaplaneta.com.br/dessalinizacao-voce-ainda-vai-beber-dessa-agua/. Acesso em: 5 ago. 2018.

AZEVEDO, C. M.  Processo de dessalinização de águas subterrâneas voltado para o agronegócio. Orientadora: Andréa Cristina Santos de Jesus. 2016. 70f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Currais Novos, RN, 2016.

BERTONCINI, E. I. Tratamento de efluentes e reuso da água no meio agrícola. Revista Tecnologia & Inovação Agropecuária, jun. 2008. Disponível em: https://www.tratamentodeagua.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Tratamento-de-efluentes-e-re%C3%BAso-da-%C3%A1gua-no-meio-agr%C3%ADcola.pdf. Acesso em: 21 ago. 2018.

BRASIL. Lei Federal n. 9433, de 8 de janeiro de 1997. Institui a Política Nacional de Recursos Hídricos. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9433.htm. Acesso em: 4 ago. 2018.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Caderno setorial de recursos hídricos: saneamento. Brasília: MMA, nov. 2006. Disponível em: http://www.mma.gov.br/estruturas/161/_publicacao/161_publicacao23022011031657.pdf. Acesso em: 4 ago. 2018.

COOLEY, H.; AJAMI, N.; HEBERGER M. Key issues in seawater desalination in California: marine impacts. California: Pacific Insitute, 2013. Disponível em: http://pacinst.org/publication/desal-marine-impacts/. Acesso em: 28 ago. 2018.

DUBON, J. A. M.; PINHEIRO, J. C. V. Aproveitamento de águas residuais provenientes de dessalinizadores instalados no estado de Ceará. Ceará: [s.n.], 2001.

FREITAS, T. D. N. Produção de água a bordo de navios e plataformas. Orientador: Bruno Sampaio Andrade. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Construção Naval) – Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (UEZO), Rio de Janeiro, RJ, 2011.

GHAFFOUR, N.; MISSIMER, T. M.; AMY, G. L. Technical review and evaluation of the economics of water desalination: current and future challenges for better water supply sustainability. Desalination, v. 309, 2013.

GLOBAL WATER INTELLIGENCE (GWI). Weekly News, [s.d.]. Disponível em: https://www.globalwaterintel.com/. Acesso em: 7 ago. 2018.

INTERNATIONAL DESALINATION ASSOCIATION (IDA). 2017. Disponível em: http://idadesal.org/. Acesso em: 7 ago. 2018.

INTERNATIONAL RENEWABLE ENERGY AGENCY (IRENA). Water Desalination Using Renewable Energy. Abu Dhabi, 2012. Disponível em: www.irena.org/Publications. Acesso em: 7 ago. 2018.

LARANJEIRA, C. P. F. Estudo numérico dos escoamentos em canais de dessalinização por osmose. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade de Trás-OsMontes e Alto Douro, Portugal, 2010.

MEZHER, T. et al. Techno-economic assessment and environmental impacts of desalination technologies. Desalination, v. 266, 2011.

OLIVEIRA, L. L. P.; OLIVEIRA, T. A.; FARIAS, W. C.; CARDOSO NETO, R.; MEDEIROS, L. C. Efeito da água residuaria de dessalinizadores na germinação de feijão mungo-verde. Agropecuária Científica no Semiárido, Campina Grande, v. 9, n. 2, 2013.

OLIVEIRA, T. E.; FREITAS, D. S.; CAMFIELD, L. H. R.; Matheus Dhein DILL. O agronegócio da água. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, Maringá, v. 9, n. 4, p. 785-802, 2016.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU). Água. 2016. Disponível em: https://nacoesunidas.org/acao/agua/. Acesso em: 25 jul. 2018.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA ALIMENTAÇÃO E AGRICULTURA (FAO). 2014. Disponível em: http://www.fao.org/news/archive/news-by-date/2014/pt/. Acesso em: 3 ago. 2018.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (OMS). Relatórios Mundiais da Saúde. [S.d.]. Disponível em: http://www.who.int/eportuguese/publications/pt/. Acesso em: 7 ago. 2018.

PEREIRA JÚNIOR, J. S. Dessalinização de água do mar no litoral nordestino e influência da transposição de água na vazão do rio São Francisco. Biblioteca Digital da Câmara dos Deputados, fev. 2005.

PUJATO, A. L. Águas residuais subproduto de dessalinização: uma contribuição ao estado do conhecimento. Orientador: Henio Normando de Souza Melo. 2005. 133 fl. Dissertação (Pós-graduação em Engenharia Sanitária) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, Rio Grande do Norte, 2005.

SILVA, J. F. A. Panorama global da distribuição e uso de água doce e análise de custos de uma planta de osmose reversa acionada com diferentes fontes de energia. Orientador: Roberto Guimarães Pereira. 2015. 237 fl. Dissertação (Mestrado em Sistemas de Gestão) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, 2015.

SOUZA, L. F. Dessalinização como fonte alternativa de água potável. Norte Científico, Boa Vista, v. 1, n. 1, 2006.

SOUZA, L. H. V.; FERREIRA, L. C. Energias renováveis e segurança hídrica: a energia termossolar como alternativa para a dessalinização da água do mar no Norte da África e Oriente Médio. Sustentabilidade em Debate, Brasília, v. 7, n. 1, p. 15-28, jan./abr. 2016.

THOMAS, J. S.; DURHAM, B. Integrated water resource management: looking at the
whole picture. Desalination, Malta, v. 156, p. 2l-28, 2003.

VEOLIA. Dessalinização de Água do mar. [S.d]. Disponível em: http://www.veoliawatertech.com/latam/pt/mercados/municipal/dessalinizacao/ Acesso em: 5 ago. 2018.

ZAMBERLAN, J. F. et al. Análise de benefício - custo levando-se em consideração os custos da água de irrigação para o arroz. Tecno-Lógica, Santa Cruz do Sul, v. 15, n. 2, p. 100-4, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/multi.v24i57.2152

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2447-9276
ISSN impresso: 1414-512X (até o número especial, set. 2015)