Responsabilidade socioambiental nas licitações sustentáveis

Bruno Cezar Rosselli Medri, Liandra Maria Abaker Bertipaglia, Cristina Veloso de Castro, Dora Inés Kozusny-Andreani

Resumo


Ultimamente, tem-se discutido muito a respeito da sustentabilidade. Este artigo visa estabelecer parâmetros sobre licitações sustentáveis para os órgãos públicos com a finalidade de auxiliar as atividades públicas quanto à sustentabilidade, agrupar informações legais necessárias tanto do ponto de vista legal, sustentável e ambiental sobre os objetos que fazem parte do cotidiano das licitações e contratações de qualquer órgão público, e conscientizar gestores e demais envolvidos. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica, por meio da Constituição Federal do Brasil e leis; artigos científicos; livros e trabalhos de conclusão de curso. Quando as Políticas Públicas são bem planejadas e executadas, elas podem contribuir de maneira significativa para a população, pois é capaz de reduzir as desigualdades socioeconômicas oriundas pelo sistema político e econômico. Mas há um grande processo a ser realizado perante todos os envolvidos seja o poder público ou o próprio cidadão para que todos se conscientizem da importância da Licitação Sustentável.


Palavras-chave


sustentabilidade; licitações públicas; desenvolvimento sustentável; licitações sustentáveis.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Paulo de Bessa. Direito ambiental. 18. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Atlas, 2016.

______. Federalismo e competências ambientais no Brasil. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2015.

BARBOSA, Bruno de Andrade. Há responsabilidade do parecerista jurídico no processo licitatório? Revista TCEMG, jan./fev./mar 2014.

BARKI, Teresa Villac Pinheiro; GONÇALVES-DIAS, Sylmara Lopes Francelino. Licitações sustentáveis no Brasil: aspectos jurídicos e de gestão pública. 2015. In: CONGRESSO CONSAD DE GESTÃO PÚBLICA, 7. Brasília, DF, 25-27 de março de 2014. Disponível em: <http://www.escoladegestao.pr.gov.br/arquivos/File/2015/CONSAD/088_Licitacoes_Sustentaveis_no_Brasil.pdf>.

BETIOL, Luciana Stocco et al. Compra sustentável: a força do consumo público e empresarial para uma economia verde e inclusa. São Paulo: Programa Gestão Pública e Cidadania, 2012.

BRASIL. Agenda ambiental na Administração Pública. 5. ed. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2009.

BRASIL. lei n. 12.349, de 15 de dezembro de 2010. Altera as Leis n. 8.666, de 21 de junho de 1993, n. 8.958, de 20 de dezembro de 1994, e n. 10.973, de 2 de dezembro de 2004; e revoga o § 1º do art. 2º da Lei n. 11.273, de 6 de fevereiro de 2006.

COGO, Giselle Alves da Rocha. Critérios de sustentabilidade nas aquisições de bens e contratações de serviços da Gestão Pública Federal. 2015. 112 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Ponta Grossa, PR, 2015.

CORRÊA, Cynthia Cândida et al. Gestão Pública e desenvolvimento sustentável: a importância da implantação de plano diretor no ato de criação de um município. In: CONGRESSO SOBER, 48., 25 a 28 de junho de 2010. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Economia Administração e Sociologia Rural, 2010.

COUTO, Hugo Leonnardo Gomides do; RIBEIRO, Francis Lee. Objetivos e desafios da política de compras públicas sustentáveis no Brasil: a opinião dos especialistas. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 50, n. 2, p. 331-43, 2016.

FERRARI, Vanessa Carolina Fernandes. Leis ambientais. São Paulo: Rideel, 2016.

FIORILLO, Celso Antonio Pacheco. Curso de direito ambiental brasileiro. 17. ed. São Paulo: Saraiva, 2017.

GOES, Gustavo Antiquiera; MORALES, Angélica Gois. Gestão Pública e sustentabilidade: desafios, ações e possibilidades. Fórum Ambiental da Alta Paulista, v. 9, n. 4, p. 199-212, 2013.

GUIMARÃES, Vanessa de Azevedo; ARAÚJO, Marinella Machado. Licitação sustentável. 2010. Disponível em: <http://www.fmd.pucminas.br/Virtuajus/2_2010/docentes/LICITACAO%20SUSTENTAVEL.pdf>. Acesso em: 16 mar. 2017.

JACOB, Bárbara. Sustentabilidade na Administração Pública: um estudo de caso sobre licitações sustentáveis. 2013. 90f. Trabalho de Conclusão de Curso (Gestão em Administração Pública) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2013.

LALOE, Florence Karine; FREITAS, Paula Gabriela de Oliveira. Compras públicas sustentáveis: uma abordagem prática. 1. ed. Salvador, 2012. Disponível em: < https://comprasnet.ba.gov.br/sites/default/files/Compras_P%C3%BAblicas_%20Sustent%C3%A1veis.PDF>.

LEÃO, Gabriela de Azevedo et al. A experiência de Minas Gerais na gestão do insumo de energia elétrica como foco na sustentabilidade e na qualidade do gasto público. 2014. Disponível em: <http://banco.consad.org.br/bitstream/123456789/1186/1/A%20EXPERI%C3%8ANCIA%20DE%20MINAS%20GERAIS%20NA%20GEST%C3%83O.pdf>. Acesso em: 23 ago. 2017.

MACHADO, Paulo Affonso Leme. Direito ambiental brasileiro. 24. ed. rev., ampl. e atual. São Paulo: Malheiros, 2016.

MELLO, Celso Antônio Bandeira de. Curso de Direito Administrativo. São Paulo: Malheiros, 2014.

MOURA, Adriana Maria Magalhães de. As compras públicas sustentáveis e sua evolução no Brasil. Boletim Regional, Urbano e Ambiental, n. 7, p. 23-33, jan./jun. 2013.

MUKAI, Toshio. Direito ambiental sistematizado. 10. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Forense, 2016.

OLIVEIRA, Bernardo Carlos S. C. M. de; SANTOS, Luis Miguel Luzio dos. Compras públicas como política para o desenvolvimento sustentável. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 49, n. 1, p. 189-206, jan./fev. 2015.

OLÍVIO, Dennis Henrique Vicário et al. A ética do consumo. Scientia FAER. Olímpia, ano 2, edição 2, 1º semestre, p. 16-28, 2010.

SARLET, Ingo Wolfgang; FENSTERSEIFER, Tiago. Direito constitucional ambiental. 5. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017a.

SARLET, Ingo Wolfgang; FENSTERSEIFER, Tiago. Princípios do direito ambiental. 5. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017b.

SILVA, José Afonso da. Direito ambiental constitucional. 9. ed. São Paulo: Malheiros, 2010.

STASKOVIAK JUNIOR, Glaucio; KOPROWSKI, Renato; SANTOS, Thalyta dos. Administração pública e sustentabilidade. Revista Eletrônica Direito e Política, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência Jurídica da UNIVALI, Itajaí, v. 7, n. 3, 3º quadrimestre de 2012.

TORRES, Rafael Lopes. Licitações sustentáveis: sua importância e seu amparo constitucional e legal. Interesse Público, Belo Horizonte, ano 14, n. 71, jan./fev. 2012.

VALENTE, Manoel Adam Lacayo. Marco legal das licitações e compras sustentáveis na Administração Pública. 2011. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/a-camara/documentos-e-pesquisa/estudos-e-notas-tecnicas/areas-da-conle/tema1/2011_1723.pdf>. Acesso em: 15 mar. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/multi.v23i54.1695

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2447-9276
ISSN impresso: 1414-512X (até o número especial, set. 2015)