Primeiros estudos sobre ética animal: esboço de uma proposta de desenvolvimento político a partir de Zoopolis de Donaldson e Kymlicka

Gabriel Bittar Domingues, Josemar de Campos Maciel

Resumo


O objetivo deste estudo é de discutir a Ética Animal do ponto de vista da abordagem abolicionista dos Direitos dos Animais, que é aceita por Sue Donaldson e Will Kymlicka, mas que foi primeiramente desenvolvida por Gary Francione. Discute-se aqui uma possível maneira de se entender a política sob esse ponto de vista. A metodologia percorrida foi a revisão bibliográfica contando com livros relacionados ao tema, dissertações e artigos. Percebeu-se que, apesar de haver ainda muito a ser debatido sobre essa problemática, uma teoria política suficiente abrangeria ao menos, em seu campo moral, os animais não humanos sencientes, e que a forma humanista e/ou antropocêntrica de se pensar a política conta com uma obstrução lógica no que diz respeito à ética que fundamenta. Essa discussão é interdisciplinar, mas este artigo tem como foco a Filosofia e o Desenvolvimento Local.

Palavras-chave


ética animal; direitos dos animais; alteridade; senciência; política

Texto completo:

PDF

Referências


BEKOFF, Marc. The animal manifesto: six reasons for expanding our compassion footprint. California: New World Library, 2010. 261p.

CURY, Silvia de Melo L. A filosofia da fidelidade ao ser: noções de humanismo. São Paulo: Edições Loyola, 1986. 87p.

DE WAAL, Frans B. M. Good natured: the origins of right and wrong in humans and other animals. Massachusets: Harvard University Press, 2003. 255p.

DONALDSON, Sue; KYMLICKA, Will. Animals and the frotiners of citizenship. Oxford Journal of Legal Studies, v. 34, n. 2, p. 201-19, jun. 2014. Disponível em: <https://academic.oup.com/ojls/article-abstract/34/2/201/1448869/Animals-and-the-Frontiers-of-Citizenship?redirectedFrom=fulltext>. Acesso em: 12 jun. 2017.

DONALDSON, Sue; KYMLICKA, Will. Zoopolis – a political theory of animal rights. Nova Iorque: Oxford University Press, 2011. 329p.

FRANCIONE, Gary L. Animals as persons: essays on the abolition of animal exploitation. Nova Iorque: Columbia University Press, 2008. 235p.

GERT, Bernard. Morality. In: AUDI, Robert (Org.). The Cambridge dictionary of philosophy. 2. ed. Nova Iorque: Cambridge University Press, 1999. 1001p.

HARARI, Yuval Noah. Homo deus: uma breve história do amanhã. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2016. 443p.

JOHNSON, Edward. Moral status In: AUDI, Robert (Org.). The Cambridge dictionary of philosophy. 2. ed. Nova Iorque: Cambridge University Press, 1999. 1001p.

REGAN, Tom. Animal rights, human wrongs: an introduction to moral philosophy. Lanham, MD: Rowman & Littlefield Publishers, 2003. 141p.

TRINDADE, Gabriel Garmendia da. Animais como pessoas: a abordagem abolicionista de Gary Francione. 2013. 219f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) –Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/multi.v23i53.1631

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2447-9276
ISSN impresso: 1414-512X (até o número especial, set. 2015)