A pedagogia militar e a formação em direitos humanos nas missões de paz: uma interdisciplinaridade necessária

Paulo Sérgio Xavier, Jefferson Gomes Nogueira, Lucrécia Stringhetta Mello

Resumo


As pesquisas realizadas nos programas de Pós-Graduação no Brasil, cujo foco é a Instituição Escolar, em sua quase totalidade, privilegiam as instituições civis de ensino, em detrimento da Educação Militar. A categoria militar sempre esteve presente e intervindo nos momentos de graves crises políticas e institucionais. O relatório final da Comissão Nacional da Verdade (2014) recomenda uma reformulação dos concursos de ingresso e dos processos de avaliação contínua nas Forças Armadas e na área de segurança pública, de modo a valorizar o conhecimento sobre os preceitos inerentes à democracia e aos direitos humanos. A interdisciplinaridade possibilitou-nos adotar a polissemia conceitual ao invés de generalizações, destacando da análise bibliográfica resultados válidos e representativos desse fenômeno. Weber (1982), Gusdorf (1961), Althusser (1985), Bobbio (1992) nos fornecem respaldo teórico para concluir que a categoria militar carece de uma preparação interdisciplinar que conjugue a Formação Militar e a Educação em Direitos Humanos.

Palavras-chave


educação militar; direitos humanos; interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, Louis. Aparelhos ideológicos de estado: nota sobre os aparelhos ideológicos de estado. 3. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1985.

BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

BRASIL. Comissão Nacional da Verdade. Relatório. Brasília: CNV, 2014. Disponível em: <http://www.cnv.gov.br/images/pdf/relatorio/volume_1_pagina_959_a_976.pdf>. Acesso em: 1º mar. 2017.

______. Ministério da Defesa da República Federativa do Brasil. Portaria n. 1.069, de 5 de maio de 2011. Aprova o Manual de Emprego do Direito Internacional dos Conflitos Armados (DICA) nas Forças Armadas - MD34-M-03. Brasília, DF, 2011a.

BRASIL. Lei n. 12.528, de 18 de novembro de 2011. Cria a Comissão Nacional da Verdade no âmbito da Casa Civil da Presidência da República. Brasília, DF, 2011b. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12528.htm>. Acesso em: 9 nov. 2017.

______. Portaria n. 156, de 23 de abril de 2002. Aprova o Vade-Mécum de Cerimonial Militar do Exército - Valores, Deveres e Ética Militares (VM 10). Brasília, DF. Disponível em: <http://www.sgex.eb.mil.br/index.php/cerimonial/vade-mecum/106-valores-deveres-e-etica-militares>. Acesso em: 9 nov. 2017.

______. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio. Brasília: MEC, 2000.

______. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 1º mar. 2017.

______. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Congresso Nacional, 1988.

CASTRO, Castro. O espírito militar. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2004.

COMPARATO, Fábio Konder. A afirmação histórica dos Direitos Humanos. 7. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

FAZENDA, Ivani. Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa. 18. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

FAZENDA, Ivani (Org.). Dicionário em construção: interdisciplinaridade. São Paulo: Cortez, 2002.

FOUCAULT, Michel.   Microfísica do poder. 4. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1984.

GIRARDET, Raoul. A sociedade militar: de 1815 até nossos dias. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 2+000.

GUTIERREZ, José Paulo; URQUIZA, Antônio H. Aguilera (Org.). Direitos humanos e cidadania: desenvolvimento pela educação em direitos humanos. Campo Grande, MS: UFMS, 2013.

JAPIASSÚ, Hilton. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

LUDWIG, Antônio Carlos Wil. A Democracia e ensino militar. São Paulo: Cortez, 1998.

LUCHETTI, Maria Salustre Rossi. O ensino no Exército brasileiro: história, quadro atual e reforma. Piracicaba, SP: UNIMEP, 2006.

NOGUEIRA, Jefferson Gomes. Educação militar: uma leitura da educação no Sistema dos Colégios Militares do Brasil (SCMB). 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande, MS, 2014.

RODRIGUES, Fernando da Silva. Uma carreira: as formas de acesso à escola de formação de oficiais do Exército brasileiro no período de 1905 a 1946. 2008. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, 2008.

WEBER, Max. Ensaios de sociologia. Rio de Janeiro. Editora Guanabara, 1982.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/multi.v22i52.1520

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2447-9276
ISSN impresso: 1414-512X (até o número especial, set. 2015)